MeuDeviceMeuDevice

Arm deve receber investimento da Apple ainda em 2023

De acordo com um relatório que acaba de ser publicado, é esperado que a Arm, propriedade do SoftBank, receba um investimento considerável da Apple e de outras empresas de chips como parte de seu IPO (Oferta Pública Inicial), com a introdução no mercado agora prevista para meados de setembro deste ano.

O SoftBank está de olho em um IPO para a unidade de design de chips Arm há algum tempo, mas agora parece que a oferta pública inicial acontecerá no outono americano. Como parte desse IPO, a Apple e outras grandes empresas de chips podem querer uma parte da ação.

Investimento da Apple na Arm

De acordo com fontes do site japonês Nikkei, o SoftBank planeja lançar a Arm na Nasdaq em setembro deste ano, com expectativas de que o negócio possa valer cerca de US$ 70 bilhões. O SoftBank oficializará o IPO com um pedido à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA no final de agosto, seguido pela aprovação da própria Nasdaq.

Atualmente, o Grupo SoftBank controla aproximadamente 75% das ações da Arm, sendo os 25% restantes detidos pelo SoftBank Vision Fund, que pretende vender de 10% a 15% de suas ações no mercado. Como parte do IPO, Arm aparentemente espera que os principais produtores de chips se tornem acionistas de médio a longo prazo, possuindo uma pequena porcentagem das ações. Diz-se que esta lista inclui Apple, Samsung Electronics, Nvidia e Intel.

Arm deve receber investimento da Apple ainda em 2023
Apple tem 90% dos notebooks com processadores com a arquitetura ARM

De acordo com o Brazil Journal, se o SoftBank conseguir, o valor será praticamente o dobro dos US$ 32 bilhões que a Arm foi avaliada em 2016, quando o fundo de Masayoshi Son adquiriu a empresa. Son disse que gostaria de fazer da operação o maior IPO de uma empresa de semicondutores da história.

Embora a compra das ações possa ser vista como um investimento prudente, as participações da fabricante de chips devem ajudar a estabilizar o preço das ações no momento de sua listagem. Possuir algumas ações também pode dar às empresas um pouco mais de voz sobre como a administração da Arm controla a empresa e seus projetos de circuitos.

A Arm no Mercado

Com sede em Cambridge, a Arm desenvolve o design dos chips e fatura com a venda de licença para os fabricantes de semicondutores, como a Qualcomm e Samsung. A unidade foi chamada de “jóia da coroa” do país, tendo sido criada por meio de uma colaboração entre a indústria britânica e a academia. A empresa não cuida do desenvolvimento nem da comercialização e recebe um percentual do faturamento. Os chips da Arm são amplamente utilizados pelos fabricantes de celulares, porque trouxeram arquiteturas inovadoras que ajudaram na economia de bateria.

Os designs de consumo de energia da Arm deram a ela uma participação de mercado global de mais de 90% para chips usados ​​em smartphones, onde a duração da bateria é um prêmio. As vendas da Arm atingiram US$ 2,8 bilhões no ano fiscal de 2022, um aumento de 70% em relação ao ano fiscal de 2016, quando a SBG adquiriu a startup. Ao todo , mais de 250 bilhões de chips usando seus designs foram vendidos.

Leia Também:
Apple anuncia investimento bilionário na produção de chips 5G nos EUA
IA Generativa: Tim Cook confirma que a Apple está trabalhando na tecnologia

A listagem da Arm será o primeiro grande IPO em um ano, de acordo com dados da Refinitiv, uma empresa de pesquisa de mercado do Reino Unido. A Technicolor Creative Studios, uma empresa francesa de tecnologia de efeitos visuais, foi listada na bolsa Euronext em setembro de 2022 por US$ 97 bilhões.

Não esqueça de deixar seu comentário logo abaixo e participar do Sorteio do Mês!

Inscreva-se!
Avise-me quando
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Press ESC to close

0
Que tal deixar um comentário?x