MeuDeviceMeuDevice

Aprendizado interativo: descubra como o iPad impacta o segmento da educação!

O iPad tem se mostrado um dispositivo de grande relevância no meio educacional, sendo amplamente utilizado em instituições de ensino ao redor do mundo, com benefícios para alunos, professores e outros usuários. Desde o ensino fundamental até a faculdade, esse produto da Apple tem apresentado excelentes resultados!

Este texto é baseado em um estudo disponível no site da Apple. Nele, serão apresentados dados sobre os resultados obtidos pelas instituições de ensino em todo o mundo com o iPad. É importante destacar que todas as informações mostradas a seguir não tiveram o envolvimento da Maçã; ou seja, a coleta dos dados foi de total responsabilidade das instituições. Vamos lá?

Bem, segundo as escolas que participaram do estudo, os alunos tiveram um desempenho significativamente melhor nas aulas com o uso do iPad. A melhora foi significativa em comparação com o período em que não se usava o tablet da gigante de Cupertino. 

Na Escola de Ensino Fundamental Drayton Hall, localizada nos Estados Unidos, o iPad é usado para realizar aulas interativas, o que aumentou significativamente a participação e o interesse dos estudantes. No jardim de infância dessa escola, apenas 35% das crianças eram aprovadas com um grau de leitura satisfatório antes da adoção do iPad. Com o uso do dispositivo, esse percentual subiu para 100% em um período de quatro anos consecutivos. Ou seja, todos os estudantes conseguem agora ter um bom desempenho na leitura.

Na prática, o iPad foi utilizado para ensinar os padrões curriculares dos EUA, também conhecidos como Common Core State Standards. Como não havia muitos livros não ficcionais disponíveis, a professora Kristi Meeuwse optou por criar esses livros, utilizando os recursos de Multi-Touch do iPad para facilitar a assimilação por parte dos alunos. 

Em outra instituição dos EUA, a Academia de Tecnologia Montelieu, cada estudante passou a ter um iPad disponível em sala de aula. Após cinco anos, houve uma melhora nas notas em todas as disciplinas básicas, com um aumento de 44,9% nas notas de leitura e 55% em matemática e ciências.

Agora, indo para a Austrália, podemos falar sobre os números do Departamento de Educação de Victoria. Na ocasião, mais de 80% dos professores do ensino fundamental e quase 70% dos docentes em educação especial notaram melhorias significativas em relação à alfabetização dos alunos. Além disso, foi observado um aumento importante na motivação e participação dos estudantes no processo de aprendizado.

iPad provou ajudar na participação e motivação dos alunos

Além de ajudar a tornar os alunos mais participativos e motivados, o iPad também contribui para a redução dos casos de indisciplina, bem como a evasão escolar! Um exemplo é a escola americana Goodland USD 352, localizada em um condado rural. Antes da adoção do iPad, a instituição enfrentava desafios em sua classificação, mas quando passou a utilizar o dispositivo da Apple de forma individualizada, tanto a taxa de reprovação quanto os problemas de disciplina e evasão diminuíram significativamente. Os dados da escola são os seguintes:

  • 25% de redução na reprovação de alunos do ensino médio em uma ou mais aulas;
  • 18% de redução em alunos do fundamental II que sofrem reprovação em uma ou mais aulas;
  • 10% de redução nas taxas de evasão.

No ensino universitário, também foram obtidos resultados interessantes com o iPad na Universidade Lynn, localizada na Flórida. O desempenho foi tão positivo com a adoção do dispositivo que a universidade recebeu reconhecimento de uma revista, a U.S. News & World Report. A implementação do iPad, juntamente com outras inovações curriculares e o uso de tecnologia, impulsionou a universidade a alcançar a 21ª posição no ranking.

Os livros Multi-Touch, recurso do iPad, tornaram-se a preferência de mais de 70% dos estudantes em comparação aos materiais em papel. Além disso, 90% dos alunos consideraram o produto da maçã um facilitador da comunicação com os colegas, e a adesão ao uso do iPad na instituição foi quase integral, atingindo 96% dos alunos!

Vamos agora apresentar os resultados de uma instituição na Dinamarca: a VUC Syd. Em 2010, foi lançado o programa de iPads individualizados para pessoas entre 16 e 70 anos. A adoção dos iPads individualizados resultou em um aumento de 139% no número de alunos que procuraram um curso superior, com um crescimento de 74% nas matrículas em comparação com a média nacional.

Redução de custos também foi observada

Outro aspecto em que o iPad ajudou escolas e universidades foi na redução de gastos, como livros didáticos e manutenção de laboratórios de informática. Um exemplo de eficiência de recursos é a Escola String Theory, localizada no estado americano da Filadélfia. A instituição, que atende desde o jardim de infância até o ensino médio, adotou um ecossistema da Apple, substituindo todos os livros didáticos e materiais por conteúdos do iTunes, resultando em uma economia anual de 100 mil dólares.

Podemos encerrar este conteúdo citando alguns aplicativos desenvolvidos para iPad que ajudam os estudantes a terem um melhor desempenho acadêmico. São eles:

  • Solar Walk: impactou positivamente o entendimento dos alunos sobre ciências em um curto período, aproximadamente 20 minutos;
  • Wuzzit Trouble: é um jogo que facilita o estudo da matemática, ajudando os estudantes a aprimorarem suas habilidades na resolução de problemas;
  • Learn with Homer: aplicativo de alfabetização que apresentou um aumento de 74% nas notas do exame TOPEL, quando usado por 15 minutos diários ao longo de seis semanas.

E então, o que achou desses dados educacionais sobre o iPad? Surpreendente, não é mesmo? Aproveite o fim da leitura para deixar a sua opinião nos comentários! 🍎

Inscreva-se!
Avise-me quando
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Press ESC to close

0
Que tal deixar um comentário?x