MeuDeviceMeuDevice

Final Cut Pro e Logic Pro chegam ao iPad em modelo de assinatura

A Apple lançou na última terça-feira (9) duas de suas mais renomadas ferramentas de criação de conteúdo especificamente projetadas para o iPad. O famoso aplicativo de edição de vídeo, Final Cut Pro, e o aclamado aplicativo de criação musical, Logic Pro, agora estão disponíveis para uso no icônico tablet da marca da maçã.

Com o lançamento do Final Cut Pro para iPad, os usuários agora se deparam com uma interface de toque inovadora, que promete facilitar e tornar mais intuitivo o processo de edição. Com um simples toque, é possível navegar pela linha do tempo, movimentar clipes e realizar edições precisas. Mas as vantagens não param por aí. O aplicativo também permite que os usuários desenhem e escrevam diretamente sobre o conteúdo de vídeo, fazendo uso do Apple Pencil.

Por outro lado, o Logic Pro oferece uma plataforma completa para a criação profissional de música. Os usuários podem agora se envolver de forma natural com os controles e instrumentos de software, graças aos intuitivos gestos Multi-Touch. O aplicativo também introduz um novo e totalmente aprimorado navegador de sons, simplificando a descoberta de novas nuances e patches de instrumentos musicais.

A ideia do Logic Pro para iPad é colocar o poder da criação musical ao alcance de qualquer usuário. (Imagem : Divulgação / Apple)

Ambos os aplicativos não poupam esforços para atender às demandas dos criadores de conteúdo mais exigentes. Com recursos avançados de importação e exportação de mídia, os usuários têm a flexibilidade de trabalhar em projetos tanto no iPad quanto no Mac. Além disso, o Final Cut Pro e o Logic Pro estão perfeitamente integrados, permitindo que os usuários criem trilhas sonoras diretamente no Logic Pro e as exportem de forma direta e descomplicada para o Final Cut Pro, ampliando ainda mais as possibilidades criativas ao seu alcance.

As principais funcionalidades do Final Cut Pro para iPad

Com essa poderosa aplicação, é possível não apenas capturar vídeos em ProRaw utilizando o iPad Pro com M2, mas também ter controle absoluto sobre todos os aspectos da gravação, desde o monitoramento do áudio até o ajuste do tempo, exposição e balanço de branco.

Uma das funcionalidades mais impressionantes do Final Cut é o recurso de multicâmera, que permite a edição de vídeos com múltiplos canais simultaneamente. Sendo assim, es clipes são automaticamente pré-sincronizados e pré-editados, proporcionando ao usuário a liberdade de alterar os ângulos de filmagem com apenas um toque.

O Final Cut Pro para iPad oferece aos usuários um estúdio móvel para suas necessidades de vídeo e edição. (Imagem : Divulgação / Apple)

Além disso, a Apple está investindo em recursos impulsionados pela tecnologia de Aprendizado de Máquina, a fim de garantir uma experiência de edição mais fácil e intuitiva. Com a inovadora função de remoção de máscara de cena, por exemplo, é possível eliminar o fundo de um objeto sem a necessidade de utilizar uma tela verde. Já com o recurso de auto-corte, a gravação pode ser ajustada para diferentes formatos, como vertical e quadrado, sem qualquer dificuldade. E para facilitar ainda mais a vida dos editores, o isolamento de voz permite a remoção de ruídos de fundo durante a edição.

Os usuários do Final Cut para iPad também têm acesso a uma ampla biblioteca de gráficos, efeitos e trilhas sonoras profissionais, possibilitando aprimorar suas narrativas de forma surpreendente. Além disso, a integração perfeita com outros dispositivos é um destaque dessa poderosa ferramenta. É possível importar e exportar diretamente no iPad, bem como transferir projetos do iMovie do iOS para o iPad e enviar projetos do Final Cut do iPad para o Mac, permitindo uma maior flexibilidade e mobilidade na edição de vídeos.

As principais funcionalidades do Logic Pro para iPad

O Logic Pro para o iPad é a combinação perfeita entre a portabilidade do renomado tablet da Apple e um aplicativo completo para criação de música profissional. Utilizando gestos multi-toques, os músicos agora têm a capacidade de explorar instrumentos virtuais, interagir com controles e navegar por projetos complexos com uma simplicidade impressionante.

Uma das grandes novidades do Logic Pro é o seu navegador de sons totalmente renovado, que utiliza uma filtragem dinâmica para auxiliar músicos a encontrar o som perfeito no momento de inspiração, seja através de patches de instrumentos, áudio ou presets de plug-ins.

O Logic Pro no iPad vem com uma enorme coleção de instrumentos com som realista. (Imagem : Divulgação / Apple)

Com mais de 100 instrumentos e efeitos disponíveis, os criadores de música têm um vasto leque de possibilidades. Os produtores podem cortar e inverter amostras, programar batidas e linhas de baixo, além de criar kits de bateria personalizados utilizando um conjunto completo de ferramentas para criação e produção de batidas.

Outra ferramenta interessante do Logic Pro é o Beat Breaker, um novo plug-in que permite aos criadores de música realizar ajustes de tempo e afinação deslizando o dedo, resultando em remodelações e mixagens sonoras únicas. Além disso, o Quick Sampler possibilita a transformação de amostras de áudio em instrumentos totalmente novos, enquanto o Step Sequencer oferece aos usuários a capacidade de programar padrões de bateria, linhas de baixo e melodias, além de automatizar plug-ins com apenas alguns toques.

Disponibilidade, custo e compatibilidade

O Final Cut Pro e o Logic Pro estarão disponíveis para download na App Store a partir do dia 23 de maio. Com relação aos valores, o acesso a cada um desses softwares será oferecido aos usuários através de duas opções de assinatura.

Por R$ 29.90 mensais, ou uma taxa anual de R$ 299.00, é possível desfrutar de todas as funcionalidades oferecidas pelo Final Cut Pro e pelo Logic Pro. Os usuários ainda terão direito a um mês inteiro de testes gratuitos para explorar todos os recursos disponíveis antes de fazer qualquer compromisso financeiro.

Apps estarão disponíveis para download na App Store a partir do dia 23 de maio. (Imagem : Divulgação / Apple)

Em termos de compatibilidade, é importante ressaltar os dispositivos que poderão usufruir desses softwares revolucionários. O Final Cut Pro poderá ser utilizado nos seguintes modelos de iPad: iPad Pro com M1 e M2, além do iPad Air com M1. Já o Logic Pro poderá ser desfrutado nos seguintes dispositivos: iPad Pro de 3a geração ou posterior, iPad Air 3 ou mais recente, iPad mini 5 ou mais recente, e iPad 8 ou mais recente.

Leia Também: iPad Pro com tela OLED poderá ser mais poderoso que atual MacBook Pro
Leia Também: iPadOS 17: Tudo o que você precisa saber sobre a atualização

Porém, vale lembrar que a atualização do sistema operacional é essencial para garantir o perfeito funcionamento dessas ferramentas. Os usuários deverão ter instalado o iPadOS 16.4 ou uma versão mais recente em seus dispositivos para aproveitar ao máximo o potencial do Final Cut Pro e do Logic Pro.

Você pretende usar aplicativos de edição de vídeo ou produção musical no iPad? Deixe o seu comentário! 🍎

Inscreva-se!
Avise-me quando
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Press ESC to close

0
Que tal deixar um comentário?x