MeuDeviceMeuDevice

iPhone 16 deve ter uma pequena revolução na lateral da tela

O iPhone 16 ainda está longe de ser lançado, provavelmente a Apple ainda está no estágios iniciais do desenvolvimento dos smartphones do próximo ano, tendo em vista que está se preparando para o lançamento da linha iPhone 15 que ocorre já na próxima semana.

Rumores recentes apontam que o O iPhone 16 poderá trazer um novo tipo de tela OLED. De acordo com um vazamento, os fornecedores Samsung e LG propuseram à Apple o uso de uma tecnologia que provavelmente aumentará o brilho máximo da placa, enquanto preserva a vida útil da bateria. Embora o iPhone 15 ainda não tenha sido apresentado, uma infinidade de vazamentos já circula o iPhone 16. Em particular, tudo indica que a gama seria compatível com Wi-Fi 7 e que as versões Pro contariam com um novo sensor ultra grande angular de 48 megapixels, acompanhado de um zoom melhor.

Novidades para o iPhone 16

A  Apple contaria com um novo tipo de tela OLED em seus futuros smartphones. Segundo informações recolhidas pelo The Elec, a gigante da tecnologia pretende utilizar um ecrã tátil com “matrizes de micro-lentes”, ou seja, grelhas de pequenas lentes ópticas. Estas lentes microscópicas, colocadas entre o vidro e o painel OLED, são feitas com técnicas de produção semelhantes aos microchips. Cada lente captura e redireciona a luz gerada pelos LEDs do display para os olhos do usuário. É por isso que esta tecnologia, já utilizada em realidade virtual e aumentada, deve permitir aumentar o brilho máximo da tela.

A cereja do bolo, esse aumento de brilho não é acompanhado de aumento no consumo de energia. Pelo contrário, as grades das lentes devem permitir que a Apple contenha o consumo da tela, o que deve aliviar a bateria. Em última análise, esta tecnologia poderá ajudar a melhorar a autonomia do iPhone.

Este processo de design está cada vez mais difundido em televisores e monitores de computador. Nos smartphones, telas com pequenas lentes ópticas chegaram aos telefones Samsung de última geração, começando com o Galaxy S22 Ultra. Segundo o The Elec, foi também a Samsung, junto com a LG, quem ofereceu telas desse tipo à Apple. Só para constar, Samsung e LG ainda são os dois fornecedores de telas OLED para iPhone.

iPhone 16 deve ter uma pequena revolução na lateral da tela

Desvantagens

Infelizmente, as telas com “matrizes de microlentes” não apresentam apenas vantagens. A grade tende a reduzir o ângulo de visão. Claramente, você realmente precisa estar bem na frente da laje para desfrutar de uma exibição de qualidade. Isso é menos problemático para um smartphone, cujo usuário geralmente está diretamente na frente dele, do que para televisões.

Acima de tudo, esta tecnologia corre o risco de aumentar consideravelmente os custos de produção do iPhone. A mídia sul-coreana especifica que a Apple ainda não deu luz verde para o uso de telas equipadas com grade de lentes. A Apple primeiro quer ter certeza de que essas telas de um novo tipo atendem aos seus padrões de qualidade.

Nos próximos meses, a Samsung e a LG terão que refinar a sua tecnologia para convencer a Apple. Observe que a empresa tem muito tempo para tomar sua decisão. Salvo surpresa, a produção em massa do iPhone 16 não deverá começar antes do verão de 2024 , tendo em vista a palestra anual de setembro de 2024.

Leia Também:
iPhone 16 já tem data de lançamento?
iPhone 16 Pro poderá surpreender com Wi-Fi 7 e câmera ultrawide de 48 MP

Até que o iPhone 16 seja lançado oficialmente, muitas notícias, vazamentos e especulações circularão. Portanto, não deixe de acompanhar o MeuDevice, pois diariamente estamos trazendo as últimas atualizações sobre o universo da Maçã e você não pode ficar por fora de nada! Não esquece de compartilhar este post com seus amigos!

Não esqueça de deixar seu comentário logo abaixo e participar do Sorteio do Mês! 

Inscreva-se!
Avise-me quando
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Press ESC to close

0
Que tal deixar um comentário?x