MeuDeviceMeuDevice

MobileMe: Relembre o software da Apple

Lançado em junho de 2008, o MobileMe surgiu como um serviço de internet que possibilitava o download de e-mails, contatos e calendários para iPhone, iPod touch, Macs e PCs. O software incluía uma galeria de fotos, Find my iPhone, chat, armazenamento em nuvem, um calendário online e outros serviços. Após quatro anos de funcionamento, a Apple decidiu encerrar o serviço, dando aos usuários dois meses para retirarem seus dados do sistema.

Neste post, iremos falar mais sobre o MobileMe. Caso você não tenha conhecido ou utilizado o software, este é um bom momento para saber como era.

Conhecendo o MobileMe

Na época do seu lançamento, Steve Jobs foi responsável por apresentar o MobileMe, e suas palavras iniciais foram: “Pense no MobileMe como o ‘Exchange para o resto de nós’. Agora, os usuários que não fazem parte de uma plataforma que utiliza o Exchange podem ter um serviço semelhante para baixar e-mails, calendários e contatos, assim como os grandes empresários têm.” O Exchange foi desenvolvido pela Microsoft, concorrente da Apple.

O MobileMe parecia ser bastante útil, uma vez que novas mensagens de e-mail eram baixadas instantaneamente para o iPhone, por meio de conexão móvel ou Wi-Fi, eliminando a necessidade de verificar manualmente e esperar o download dos e-mails. Como é de se esperar, o software tinha um custo associado, que era de US$ 99, enquanto o pacote familiar custava US$ 149. Em 2011, surgiram rumores de que a Apple estaria planejando lançar um pacote gratuito do serviço, mas esses rumores não se concretizaram.

O MobileMe fez parte de um experimento de Steve Jobs para trazer armazenamento digital, principalmente para usuários do Mac. Não demorou muito para o serviço se expandir para usuários de iPhone e iPod touch.

MobileMe: Relembre o software da Apple

O fim do MobileMe

Em teoria, tudo parecia ótimo, e o MobileMe tinha tudo para se tornar o orgulho da Apple, mas, na prática, as coisas não foram tão boas. Isso ocorreu porque o serviço não cumpria as funções prometidas. A decisão de encerrar o serviço foi lógica e marcou o fim deste projeto fracassado de Steve Jobs.

No dia 1º de julho de 2012, a Apple encerrou definitivamente o serviço, conforme mencionado anteriormente, e deu aos usuários dois meses para retirarem todos os seus dados. Eles também tinham a opção de migrar para um novo serviço que estava por vir.

iCloud

Anunciado em junho de 2011 durante a WWDC, o iCloud surgiu como a nova promessa da Apple e se tornou o sucessor do MobileMe. Não há como negar que o iCloud é um verdadeiro sucesso, não é mesmo? O serviço permite que os usuários armazenem e sincronizem dados entre dispositivos, incluindo Apple Mail, Apple Calendar, Apple Photos, Apple Notes, contatos, configurações, backups e arquivos, além de colaborar com outros usuários e rastrear ativos por meio do Find My.

Leia Também: iCloud: Quais são os planos de armazenamento? (2023)
Leia Também: iCloud: Como descobrir quais dispositivos estão conectados à sua conta

Não esqueça de deixar seu comentário logo abaixo e participar do Sorteio do Mês! 🍎

Inscreva-se!
Avise-me quando
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Press ESC to close

0
Que tal deixar um comentário?x