MeuDeviceMeuDevice

Nova pulseira do Apple Watch poderá muda de cor para combinar com a roupa

A Apple é uma das empresas mais inovadoras do mercado, constantemente trazendo novidades e tecnologias que melhoram a vida dos usuários. Talvez isso ajude a explicar o fato de que a gigante da tecnologia registrou recentemente uma patente que promete revolucionar a forma como utilizamos a pulseira do Apple Watch, que poderá ser controlada pelo usuário ou pelo relógio para notificações visuais.

Como explica o AppleInsider, com essa nova tecnologia, será possível trocar a cor da pulseira do Apple Watch de forma fácil e rápida, permitindo que os usuários combinem as tonalidades com a roupa escolhida. Essa inovação poderá eliminar a necessidade de ter uma coleção de acessórios diferentes em uma gaveta separada do guarda-roupa, o que é uma grande vantagem para quem gosta de variar o visual.

Não é novidade que o Apple Watch é um dos smartwatches mais populares do mercado, tendo alcançado 40,8% de todas as vendas do penúltimo trimestre do ano passado, segundo dados do IDC. A comercialização de pulseiras específicas para o relógio é um grande lucro para a empresa, mas a patente registrada pela Apple visa mudar este mercado em algum momento do futuro próximo.

A patente é creditada a quatro inventores, incluindo três (Zhengyu Li, Chia Chi Wu e Qiliang Xu) que anteriormente trabalharam em pesquisa para tecidos sensíveis ao toque para um futuro HomePod.

A tecnologia por trás da nova pulseira do Apple Watch

Patente da nova pulseira do Apple Watch.
Patente de Apple Watch mudando cor da pulseira. (Imagem: AppleInsider)

Essa nova tecnologia envolve recursos eletrocrômicos, semelhante ao que é encontrado no Realme 9 Pro, que muda de cor conforme a luz ultravioleta do Sol. No caso do Apple Watch, a corrente necessária viria da bateria do próprio relógio, o que é uma grande vantagem em relação a outros smartwatches que requerem fontes de energia adicionais.

A patente do projeto sugere que a pulseira em si ainda seria feita de tecido, mas algumas das fibras teriam a propriedade de mudar de cor. Embora a Apple não tenha o costume de divulgar detalhes técnicos em suas patentes, é possível imaginar como a tecnologia funcionaria. Seria como o Kindle, onde uma corrente altera o pigmento dentro da tela e faz ela alterar de branco para uma quantidade generosa de tonalidades de cinza.

No entanto, ainda existem dúvidas em relação à quantidade de cores que a pulseira poderá ter e ao custo dessa tecnologia em um acessório que aparentemente serve apenas para fins estéticos É provável que a nova pulseira custe mais do que as pulseiras coloridas comuns, mas é importante lembrar que a Apple é conhecida por entregar produtos de alta qualidade e com tecnologia de ponta.

Leia Também: Os 5 melhores apps de rastreamento do sono para Apple Watch
Leia Também: Qual é o melhor MacBook para edição de vídeos?

De qualquer forma, é inegável que essa patente é um grande passo em direção a uma nova era de pulseiras mais inteligentes e versáteis. Agora, só nos resta esperar para ver quando a Apple irá lançar a nova pulseira com tecnologia eletrocrômica e como ela será recebida pelos consumidores.

E você, o que achou de toda essa ideia da suposta nova pulseira do Apple Watch? Deixe o seu comentário! 🍎

Inscreva-se!
Avise-me quando
guest
1 Comentário
Anterior
Novidade Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
yanmassagardi@gmail.com

Poxa, bem loko. Assim sempre andarei combinando a pulseira com a cor da minha roupa? Ótimo. Ja quero

Press ESC to close

0
Que tal deixar um comentário?x