MeuDeviceMeuDevice

Telas OLED do iPhone agora podem ser reparadas com laser

As telas OLED do iPhone surgiram em 2017, juntamente com o lançamento do iPhone X. A partir daí, vários modelos do smartphone da Apple foram fabricados, principalmente todos os que vieram após o iPhone 12. A tecnologia OLED está bastante presente em diversos dispositivos atualmente e é muito provável que você possua algum. 

Sabemos que o componente mais caro para consertar em qualquer smartphone normalmente é a tela, mas parece que as coisas estão mudando. Acaba de ser anunciado um novo processo de reparo a laser que pode consertar painéis OLED que desenvolveram linhas sem precisar remover a tela. Neste post, explicaremos como essa nova tecnologia funciona.

O que é OLED?

A sigla ‘OLED’ significa Organic Light-Emitting Diode (Diodo orgânico emissor de luz). Essa tecnologia utiliza LEDs nos quais a luz é produzida por moléculas orgânicas. Esses LEDs orgânicos são usados para criar o que são considerados os melhores painéis de exibição do mundo. Os displays OLED são feitos colocando-se uma série de filmes finos orgânicos entre dois condutores. Quando uma corrente elétrica é aplicada, uma luz brilhante é emitida.

A primeira TV OLED foi lançada pela Sony em 2004, e outros grandes fabricantes seguiram o exemplo, incluindo a LG, que atualmente lidera o mercado de TVs OLED. De acordo com Barry Young, CEO da OLED Association, em entrevista à U.S. News: 

A diferença entre OLEDs e LCDs é que [com TVs LCD] as luzes de fundo estão sempre acesas, enquanto os pixels OLED emitem sua própria luz e só acendem quando necessário. Como a luz é difícil de bloquear perfeitamente, alguns sempre escaparão do significado com LCDs, nunca pode haver uma imagem em preto puro.

O mesmo se aplica aos smartphones. Mais de 500 milhões de painéis OLED são produzidos anualmente por vários fabricantes de monitores, e o mercado está em crescimento, pois os OLEDs oferecem melhor qualidade de imagem, formatos menores e flexibilidade.

Laser para reparar telas OLED do iPhone

Como mencionamos anteriormente, a Apple começou a usar telas OLED no iPhone X em 2017. Essa tecnologia oferece alguns grandes benefícios, mas, juntamente com o avanço das telas, os custos de reparo também aumentaram ao longo dos anos. Atualmente, o reparo da tela do iPhone 14 Pro Max custa R$ 2.999, cerca de 1/3 do custo do aparelho.

Uma tecnologia recentemente desenvolvida utiliza lasers para reparar telas OLED do iPhone sem a necessidade de desmontar o aparelho, apresentando uma solução promissora que pode se tornar mais comum à medida que o processo se torne mais acessível. O processo foi demonstrado pelo YouTuber Spare Parts, conhecido por construir seu próprio iPhone na China. A nova máquina não conserta vidro ou cabos flexíveis, portanto, esses componentes precisam estar em boas condições. No entanto, ela consegue corrigir até mesmo problemas na camada intermediária do OLED.

A máquina utiliza um laser para consertar trilhas quebradas dentro do painel OLED. Essas trilhas são pequenos caminhos que transportam sinais elétricos pela tela. Quando essas trilhas estão danificadas, isso pode resultar em linhas visíveis ou outros problemas de exibição na tela. Curiosamente, o mesmo laser usado na fabricação é utilizado para consertar essas trilhas quebradas.

Leia Também:
iPhone com tela enrolável será lançado pela Apple?
iPhone 15 pode contar com bateria empilhada

Uma das características únicas dessa máquina é a capacidade de reparar a tela enquanto ela ainda está ligada. Isso permite que o operador acompanhe visualmente o processo de reparo e perceba instantaneamente quando o problema for resolvido, já que a alteração ocorre diante de seus olhos.

Vale ressaltar que esse processo não é capaz de reparar telas do iPhone que estão fisicamente quebradas, com rachaduras ou arranhões. O reparo se aplica apenas ao painel OLED, que fica abaixo e geralmente está fundido ao vidro.

Não esqueça de deixar seu comentário logo abaixo e participar do Sorteio do Mês! 🍎

 

Inscreva-se!
Avise-me quando
guest
1 Comentário
Anterior
Novidade Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Rayssa
Rayssa
11 meses atrás

Muito bom 👏🏻👏🏻👏🏻 mas até chegar aqui no Brasil, vai demorar 🙁 o jeito é se proteger e ter cuidado

Press ESC to close

0
Que tal deixar um comentário?x